Archive for the Eu Category

Peregrino no deserto

Posted in Eu on agosto 15, 2010 by rafaelvictor

No dia a dia. No arroz com feijão. Nas coisas simples. Vou seguindo minha vida tentando ser um cristão, sempre almejando que essa finalidade seja cumprida com eficácia. Em meio a poucos acertos sei que existem muitos erros, mas o norte está definido, o alvo está estabelecido.

Eu estou em um processo. Eu saí do Egito e estou rumo a Canaã. Era um caminho que poderia muito bem ser traçado em 40 dias, mas os meus conflitos, os meus problemas e as minhas reclamações resultaram em uma trajetória bem mais demorada.

Eu tenho o maná a cada dia. Eu tenho a nuvem me trazendo sombra. Como Moisés, tenho experiências divinas, subo ao alto monte mas ao descer encontro pessoas adorando bezerros de ouro, se prostrando aos seus deuses egocêntricos.

Eu não quero morrer no deserto. Eu quero seguir em frente. Eu quero fazer da minha vida um tabernáculo. Eu quero modificar tantas coisas. Dar novos passos, sem retroceder. Ter esperança de que ainda existe algo melhor e maior.

Ter mais compaixão. Olhar para a serpente na estaca e ser curado. Minha vida é de um lado ao outro. É do inferno ao céu. É do Egito a terra prometida. É da escravidão a liberdade.

Esta aventura deveria ser a de todo homem e mulher. Mas muitos não negaram a si mesmo, muitos chegaram a um ponto e esmoreceram. Mas sei que enquanto há vida, há chances. Que haja uma luta para vencer, e que Deus nos dê força para lutar.

Seja a graça Dele sobre nós.

Rafael Victor

15/08/2010 1h33 da manhã

Anúncios

Acorde!

Posted in Eu on março 22, 2010 by rafaelvictor

Todo dia em que acordamos, temos a chance de  sermos diferentes. Podemos fazer algo que nunca foi feito antes. Praticar uma atitude de ousadia e sair a frente na estrada da vida.

Ao abrirmos nossos olhos, sair do stand by de nossa cama e ficarmos de pé nos  renovamos na misericórdia do Senhor que se renova em cada manhã. Se somos renovados, por que temos então que viver de coisas velhas?

Somos renovados para ser novos. Recebemos óleo de alegria para sermos felizes.

Ao ficarmos de pé para um novo dia que possamos viver realmente a nova vida. Que possamos ficar realmente cansados diante de tanta estagnação, diante de tanta acomodação e realmente possamos acordar e dar um salto sobre os montes.

Acorda! Desperta.

Não deixe as coisas serem como são. Deixe o renovar inovar em tudo. Deixe  o rio te purificar.

Acorde para uma nova revelação. Não uma heresia. Mas a revelação da novidade de vida. A revelação dAquele que faz nova todas as coisas.

New Day! Novo Dia.

Acorde para ele. Deixe ele acordar para você.

O erro é que quando acordamos e olhamos a nossa volta tudo parece igual e normal. Igual ontem. Igual ao que já foi. Mas não se engane. Nossos olhos ainda feridos pelo corpo de transgressão não estão regulados para ver as coisas como são.

Mas comece então a acreditar. O novo se tornará mais real para você.

Tudo está se fazendo novo, embora nem todos possam ver. A obra é grandiosa e nem todos podem reconhecer.

Acorde para fazer parte disso.

Acorde para viver.

Acorde porque foi por você!

Rafael Victor

22 de março de 2010 00h53

Ele deve ser maluco…

Posted in Eu on fevereiro 25, 2010 by rafaelvictor

Ás vezes tenho o costume de anotar coisas que eu penso, ou coisas que leio ou ouço. Outro dia anotei em um papel no meu serviço que é melhor deixar o fogo consumidor, o fogo que vem de Deus queimar em nossas vidas e tirar tudo aquilo que não presta do que ter que no final deixar o fogo do inferno te queimar eternamente. Como diz o Pr. Antônio Cirilo em uma de suas canções espontâneas: “Mas eu prefiro o fogo da Tua Presença do que o fogo do inferno…”.  Uma colega de serviço achou esse papel e leu. Depois me olhou com aquela cara de “ele deve não bater muito bem…”. Mas ainda assim, sendo tachado ou “pensado” que sou doido para muitos, ainda prefiro o fogo de Deus do que o fogo das trevas e ranger de dentes. Jesus disse: Arrependa-se por que é chegado o Reino de Deus. Deixe ser purificado pela graça santificadora de Deus.

Bom dia!

Rafael Victor

Algumas coisas

Posted in Eu with tags on fevereiro 7, 2010 by rafaelvictor

1)Enquanto é tempo. Enquanto há tempo.

Comecei a semana com um peso no coração, não vou falar novamente o que é.

Mas o que aprendi foi que muitas vezes só ficamos chorando o leite derramado. Quando o leite é derramado, aí fica aquele sentimento horrível de “será que não poderíamos fazer algo mais?”

Ao invés de se frustrar e criticar sem fazer nada, é melhor ás vezes tentar, e até se frustrar, e até ser criticado, mas fazer alguma coisa.

Vale a pena correr certos riscos.

2) Comecei minha faculdade e uma convivência com mais umas 60 pessoas.

Na estrada da vida é assim, encontramos pessoas, por escolher caminhos diferentes nos afastamos de outras, por escolhermos caminhos iguais nos ajuntamos as outras, e assim iremos prosseguindo nesse intercâmbio até a jornada chegar ao fim.

Chegar ao fim para iniciar um novo começo, pelo menos para alguns.

3)Estou lendo um livro do Myles Munroes e ele disse uma coisa apaixonante, talvez nem seja novidade. Mas ele disse que a verdadeira visão não é aquilo que vemos com os nossos olhos, mas a verdadeira visão é aquilo que a gente vê com o coração. Ele ainda faz a ponte com a bíblia, que diz que a fé é a certeza das coisas que não podem ser ver. Esplêndido como dizem alguns.

4)Estava estrategicamente preparado para me livrar de todos os possíveis trotes que pudessem haver na faculdade nessa primeira semana. E a semana passou tranquila, mas eis que ontem, irmãos abençoadíssimos da igreja, discípulos ainda por cima, picotaram meu cabelo, jogaram kiboa e detergente. Uma benção…rsrs…tive que passar a máquina 2…

5) Acampamento nosso chegando. Um tempo de busca intensa com Deus e  comunhão com os irmãos. Na expectativa de que seja a melhor edição de todas, pois o melhor de Deus está sempre por vir!!!

6)Hoje tem teatro no nosso culto ás 19h. Praça Dr. Augusto Silva 728. Lavras-MG. Brasil. Planeta Terra (3º do Sistema Solar). Via Láctea. Grupo Local. Universo de Deus. Compareça lá. Toda arte também é para glória de Deus!! o//

17 dias

Posted in Eu with tags on janeiro 17, 2010 by rafaelvictor

Já se passaram 17 dias.

Dias gloriosos, dias comuns e extraordinários, dias que corri, dias que descansei.

Mais da metade do primeiro mês do ano.

Já foi embora.

Depois de profetizarmos, de criarmos expectativas e de pensarmos que tudo vai ser diferente,  acontece então o que ás vezes passa despercebido.

Tudo volta ao normal. As coisas parecem tomar o mesmo rumo do ano passado. Os hábitos se repetem, as atitudes são reprisadas. E se não frearmos e decidirmos mudar a nós mesmos, tudo vai continuar como está.

Nesses 17 dias tragédias já aconteceram.

Em Angra dos Reis no despontar do ano novo e no Haiti mais recentemente.  Me pego ás vezes chateado por tão pouca coisa e receio que sofro por banalidades fúteis e sem saber e ter compaixão daqueles que realmente estão sofrendo hoje.

Tem tanta gente sofrendo no mundo eu não querendo ver, e eu não querendo saber.

Nesses 17 dias busquei mais a Deus, li mais a sua palavra. Mas sei que ainda tem mais.

Sei que preciso quebrar mais barreiras pra conhecer mais de Deus.

Sei que minha busca e sua Palavra estão fazendo efeito, mas existe uma barreira que ainda as impedem de passar.

Essa barreira é a chave do ano.

A barreira das minhas limitações,  a barreira do meu egocentrismo, a barreira do meus defeitos, a barreira da minha carne.

Se conseguir quebrá-la viverei o que é preciso viver pra esse ano.

Se permanecer assim, o ano de 2010 seguirá. Não vou perdê-lo por isso. O detalhe é que erros se repetirão,  a acomodação permanecerá.

Quero quebrar a minha, e você vai quebrar a sua?

Rafael Victor

Soli Deo Gloria

Último dia do ano.

Posted in Eu with tags on dezembro 31, 2009 by rafaelvictor

Quando um homem fizer um voto ao Senhor ou um juramento que o obrigar a algum compromisso, não poderá quebrar a sua palavra, mas cumprir tudo o que disse. Números 30.2

Já resumi meu ano de 2009 como um ano que comecei a uns 30km por hora e terminei a 120km.Realmente acelerei muito nos últimos tempos. Meu alívio é saber que diante de tanta correria, meu alvo supremo que é Jesus Cristo permanece em foco. Busco fazer correções e alinhar todo meu viver a essa caminhada, a essa aventura. Nossa vida passa muito depressa.

Estou assustado com a rapidez que esses nove anos passaram em minha vida. Outro dia mesmo eu estava na escola, outro dia mesmo o mundo parou quanto aviões destruíram as torres gêmeas, mas o que parece dias já são anos. Outro dia mesmo eu conheci realmente quem é Jesus Cristo e agora eu vejo que já tem muito tempo. O tempo não para, e por isso é necessário sempre fazer planos.

Viver cada dia como se fosse o último. Fazer planos como se fosse viver cem anos. A Bíblia também nos ensina que é necessário aprender a contar nossos dias, e como Paulo devemos correr, não sem alvo.  O último dia do ano é sempre um misto de relembranças do que se passou e expectativas do que há de vir. Mas e meio a esse misto de sensações e emoções devemos dar um espaço de gratidão a nosso Deus por estarmos vivos e buscar gerar um desejo de conhecer mais o Senhor e fazê-lo conhecido no próximo ano que se aproxima. Ou seja daqui algumas poucas horas.

Tenho que confessar. Me sinto muito mal quando as coisas acabam. Mas me alegro quando sei que algo novo está  por vir.

Me sinto mal quando vejo que estou ficando velho. Que se Jesus não voltar, eu tenha que me acostumar com a idéia de que um dia eu vou morrer. (Parece meio dramático, alguém com 21 anos escrever isso né?) Mas me alegro em crer e de algum modo saber que tudo  não acaba com isso.

2009 não foi um ano ruim pra mim. Foi um ano muito bom. Talvez um dos melhores. Mas eu sei que para outras pessoas foi  péssimo. Tempestades, crises, armageddons pessoais a envolveram.

Meu conselho é ter esperança. Não deixe a esperança acabar junto com o ano. Mas que ela se acenda junto com 2010.

Esperança não morre.

Aliás, ela já morreu e ressucitou. Esperança é Jesus.

Feliz 2010!

Soli Deo Gloria

Rafael Victor

“Quanto mais um homem é cristão, mais maldades, sofrimentos e mortes tem que suportar.” – Martinho Lutero

Ame as pessoas.

Posted in Eu with tags , , on dezembro 27, 2009 by rafaelvictor

Deus não é homem para que minta, nem filho do homem para que se arrependa. Acaso Ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir? Números 23.19

Pessoas. O alvo de Deus são pessoas. Não são bens, não são poder, não são coisas. São pessoas. Nossa escala porém é inversa a de Deus. Geralmente nossas alvos não são as pessoas. São bens, poder e coisas.

Quando encontramos com Deus, ocorre então um confronto. Nossos alvos com os alvos Dele. Nossos planos, com os planos Dele. Apenas um pode subsistir. Por isso é necessário que haja uma transformação em nossas vidas. Um alinhamento, uma moldura, uma adaptação, uma rendição aquilo que importa mais.

Esquecemos das pessoas. Esquecemos do nosso próximo. Gostamos de estar apenas com aqueles que são convenientes a nós. Graças a Deus que não se move apenas pelo que é conveniente. Se fosse assim estaríamos todos nós condenados.Nosso próximo não deve ser apenas os amigos da igreja, apenas quem escolhemos a dedos. A parábola do bom samaritano ensina isso.

Não somos melhores do que ninguém.Então que não vivamos apenas com as pessoas que nos convém.

O alvo de Deus são as pessoas. Peça amor Dele então por elas. Por aquele seu vizinho que você não gosta, até mesmo pelos seus inimigos. Quer um exercício espiritual? Mais que orações, jejuns (devem ser feitos também
), se disponha amar.

O ano está acabando. E sempre analisamos no geral como foi. Pense um pouco. Você amou demais o de menos? É preciso lembrar que seguimos a Jesus. Seguimos o Mestre do amor. Deus afinal de contas é amor.

Soli Deo Gloria

Rafael Victor

Deus achou melhor extrair bem do mal do que deixar que nenhum mal existisse.  Agostinho