O que penso sobre política

Nas minhas aventuras pelas leituras que eu vou fazendo por aí me deparei com algo que vale a pena postar. Foi publicado em um editorial da Revista Veja de algumas semanas atrás.

“Nos anos 50, o candidato à presidência dos EUA, Adlai Stevenson foi abordado por uma simpatizante tocada por sua brilhante retórica e planos.

‘ Todo eleitor que realmente pensa vai votar no Senhor’ disse ela.

Respondeu Stevenson: ‘Madame isso não basta. Eu preciso da maioria.’ ”

Infelizmente a maioria não pensa. A maioria faz de suas ações, um robotismo bem adequado ao sistema. Em meio as rodas de conversa que já presenciei a respeito das eleições que irão se realizar, vejo eleitores que estão muito mais preocupados com seus próprios interesses do que em algo bom que possa ser feito para o nosso país ao longo prazo.

Não posso fugir do assunto pois este é um blog que tem como foco assuntos espirituais, e sabendo isso digo que nos dias de hoje são poucos que sabem eleger um Salvador correto para a sua própria vida. Elegem coisas e pessoas a curto prazo que  as iludem com lindas promessas que não se cumprem e pelo contrário levam-nas ao fracasso.

No campo da política não é diferente. Não se sabe escolher um Salvador (e o único é Jesus). Não se sabe escolher representantes.

Mas há esperança. Deve existir. Deve-se exigir mudanças!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: