Palavrantiga

No final de semana tive oportunidade de ouvir essa banda.
Excelente!!!
Letras criativas e um som pra lá de bom...
Recomendo!!!
palavra-antiga-blog-little1

Casa

Palavrantiga

Composição: Marcos Oliveira de Almeida

Deus preferiu essa carne
Não quis os templos que eu posso construir
Com minhas mãos

Me fez casa
Eu sou morada
Lugar de Deus
Que não está lá fora
Mas sim mora dentro de mim

Abri a porta e Ele entrou em casa.
Estou em obras.
Essa morada um dia será perfeição!

Deus preferiu essa carne
Não quis os templos que eu posso construir
Com minhas mãos, não!

Me fez casa
Eu sou morada
Lugar de Deus
Que não está lá fora
Mas sim mora dentro de mim

A minha janela são estes olhos que brilham
Uma coisa ela mostra
Quem a ilumina é o meu Amado
Mudando as coisas de lugar
Dentro de mim, dentro de mim

Eu sou casa
lugar de Deus
Ele habita em mim

Lá fora é frio
Lá fora é medo
É alto de monte
Deserto, vazio

Deus, onde estás?

Palavrantiga

Composição: Marcos Oliveira de Almeida

Deus, onde estás?
Te procuro. Te procuraria na porta dessa rua.

Deus, onde estás?
Olha o que eu vejo agora
O menino dançou sem roupa
O menino botou na boca um doce
com gosto de fel

Deus, onde estás?
A Igreja arrancou o sino
O homem esqueceu o menino
Fez castelo de ouro e prata e perdeu a vida

Ah! Acende toda luz
Iluminando a Terra que convive com a dor
Sem esperança

Vai onde há a dor, e cura!
Vai onde não há amor, e ama!
Vai onde há a dor, e alegra!
Vai onde não há amor, transforma!

Teu toque forte muda a sorte de quem Te encontra.

Deus, onde estás?
Te procuro. Te procuraria no beco ou nessa rua.

Deus, onde estás?
Olha o que eu vejo agora
o menino dançou sem roupa
O menino botou na boca um doce
com gosto de fel

Deus, onde estás?
Eu passei por aquele palco
Vi um grande homem fardad
Que gritava ao povo: “Dinheiro”
Sem piedade

Ah! O homem passou
E se esqueceu da dor que sangra
Dentro do peito

Dentro do peito

Vai onde há a dor, e cura!
Vai onde não há amor, e ama!
Vai onde há a dor, e alegra!
Vai onde não há esperança!

Traz esperança!
Faz esperança!
Traz esperança!

Morando em mim, Tu me aqueces
Me ensina a ser livre
Santo Espírito me enche de alegria

Eu olhei o meu dia

Palavrantiga

Composição: Marcos Oliveira de Almeida

Eu olhei o meu dia, percebi
Que Tu és melhor que uma canção de amor
Muito mais do que eu canto
Sob os cantos do mundo
Um minuto contigo é melhor do que tudo

É por isso que estar a ouvir Tuas palavras
É olhar pra minha alma e saber que em Ti sou feliz

Me esconda em Ti
Eu preciso andar no Teu Caminho
Teu amor sobre mim
Muda meus os passos, ilumina meu rosto

Eu olhei o meu dia, percebi
Que Tu és melhor que uma canção de amor
Toda arte que eu faço
Todo som entoado
Não é mais que uma grande vontade de Te conhecer

Meu amor, sei que és o meu Deus e mistério
E o Teu filho Jesus é na Cruz caminho de paz

Me esconda em Ti
Meu Deus, eu preciso andar no Teu Caminho
Teu amor sobre mim
Muda meus os passos, ilumina meu rosto

Feito de Barro

Palavrantiga

Composição: Marcos Oliveira de Almeida

Sou feito de barro
Do pó dessa terra
O sopro de vida
É o vento que sopraste em mim

Tu sabes quem eu sou.

Fui homem perfeito
Completo, inteiro
Da escolha que fiz
A queda que vi
Me separou de Ti

Tu sabes quem eu sou.

Clamei o meu Deus em alta voz
Gritei o Seu nome na noite escura
Cristo redentor, olhando pra mim
Abriu os Seus braços e me chamou
Me chamou.

Vem…

Misericórdia, Graça e um cálice de amor
Estão na minha mesa antes do sol se por
Todos os dias Deus restaura meu ser
Toda essa obra é tão grande, eu sei, eu sei

Reconciliação!

Tu sabes quem eu sou.

Pensei

Palavrantiga

Composição: Marcos Oliveira de Almeida

Pensei que só por meu pensar
Tu virias a ser, mas não
Eu pensei que só por meu cantar
Tu virias a ser, mas não

É que a música soou
Mesmo sem minha voz
É que o Senhor me tocou
Quando esqueci de imaginar

Eu pensei que poderia explicar
A grandeza que és, mas não
Eu pensei que poderia encontrar
O caminho que és, mas não

A explicação se esgotou
Mesmo querendo encontrar
É que o Senhor me buscou
Quando a estrada era só escuridão

Vou e faço o meu melhor
E ser barro em Tuas mãos
Tu vens, me chamas para entrar
Em Teu reino de amor

Tu és meu Deus, teu nome é grande
Tu és eterno, mas não distante
Canto sereno, tua grande glória
Tu és Santo Deus, Aleluia!

Pensei que poderia explicar a grandeza que és, mas não…

Um

Palavrantiga

Composição: Marcos Oliveira de Almeida

Olho para os céus
De lá vem o meu socorro
Pai da eternidade
Me mostra o que é o amor
Amor perfeito e justo
Que sempre me espera

Esse é o som,
Esse é o som que rompe os céus!

O amor de Deus nos faz Um,
Nos faz Um com Ele.

Tudo o que eu fizer
De fé ou esperança
Se não estiver no amor
Não irá permanecer, não
Embora seja grande
Não é obra eterna

Esse é o dom,
Esse é o dom que durará para sempre!

O amor de Deus nos faz Um,
Nos faz Um com Ele.

letras acima 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: