Fim deste blog. A aventura continua em: www.rafaelesuasideias.blogspot.com Abraços!

Posted in Acontecendo on setembro 4, 2010 by rafaelvictor

Ciência x Deus

Posted in Isto é interessante on agosto 17, 2010 by rafaelvictor

Para o cientista que tem vivido pela fé no poder da razão, a história termina como um sonho ruim. Ele escalou as montanhas da ignorância; está prestes a conquistar o pico mais elevado e, quando se lança sobre a última rocha, é saudado por um grupo de teólogos que estão sentados ali há vários séculos.

Robert Jastrow

Peregrino no deserto

Posted in Eu on agosto 15, 2010 by rafaelvictor

No dia a dia. No arroz com feijão. Nas coisas simples. Vou seguindo minha vida tentando ser um cristão, sempre almejando que essa finalidade seja cumprida com eficácia. Em meio a poucos acertos sei que existem muitos erros, mas o norte está definido, o alvo está estabelecido.

Eu estou em um processo. Eu saí do Egito e estou rumo a Canaã. Era um caminho que poderia muito bem ser traçado em 40 dias, mas os meus conflitos, os meus problemas e as minhas reclamações resultaram em uma trajetória bem mais demorada.

Eu tenho o maná a cada dia. Eu tenho a nuvem me trazendo sombra. Como Moisés, tenho experiências divinas, subo ao alto monte mas ao descer encontro pessoas adorando bezerros de ouro, se prostrando aos seus deuses egocêntricos.

Eu não quero morrer no deserto. Eu quero seguir em frente. Eu quero fazer da minha vida um tabernáculo. Eu quero modificar tantas coisas. Dar novos passos, sem retroceder. Ter esperança de que ainda existe algo melhor e maior.

Ter mais compaixão. Olhar para a serpente na estaca e ser curado. Minha vida é de um lado ao outro. É do inferno ao céu. É do Egito a terra prometida. É da escravidão a liberdade.

Esta aventura deveria ser a de todo homem e mulher. Mas muitos não negaram a si mesmo, muitos chegaram a um ponto e esmoreceram. Mas sei que enquanto há vida, há chances. Que haja uma luta para vencer, e que Deus nos dê força para lutar.

Seja a graça Dele sobre nós.

Rafael Victor

15/08/2010 1h33 da manhã

Diga não ao aborto

Posted in Isto é interessante with tags on julho 17, 2010 by rafaelvictor
Você recomendaria o aborto nesses casos?
Passo a ler uma declaração do que seriam algumas vidas, se o aborto tivesse sido legalizado:
“Considere a gravidez de cinco mulheres em situação pessoal e familiar das mais difíceis possíveis. Você acha que o aborto seria uma opção para elas?
Doenças
1° caso:- A mãe está tuberculosa e o pai é asmático. O casal já teve quatro filhos. O primeiro é cego, o segundo é surdo, o terceiro morreu e o quarto tem tuberculose. O que essa mulher espera com mais uma gravidez? Você recomendaria o aborto para ela?
Violência sexual
2° caso:- O que você recomendaria para uma menina negra de 13 anos que foi violentada por um homem branco e que acabou ficando grávida?
Adversidades
3° caso: – Qual o seu conselho para uma mulher grávida com pouco tempo de vida, mãe de muitos filhos, dois deles já tinham morrido, e com o marido na guerra?
Pobreza
4° caso:- O que você diria para um pastor muito pobre, que já é pai de 14 filhos e passa por sérios problemas econômicos e que está com a esposa grávida do décimo quinto filho?
Tradição
5° caso: – Como você reagiria ao saber que uma jovem noiva temente a Deus ficou grávida sem estar casada e que o noivo não é o pai da criança?
Se você recomendasse o aborto nos 5 casos mencionados acima, teria matado Beethoven, assassinado Ethel Waters, uma das cantoras negras mais famosas, teria impedido o nascimento do Papa João Paulo II, o famoso pregador do século XIX João Wesley não teria nascido e, no quinto caso, você teria matado Jesus Cristo antes de nascer”.
São situações como essas que nos levam a refletir se o aborto deve ou não ser legalizado.
Absolutamente contra o aborto
Por isso, a Frente Parlamentar da Família e Apoio à Vida posiciona-se contra o aborto. Achamos que o Estado brasileiro tem condições de cuidar das jovens que, por uma tragédia – estupro, por exemplo -, por situações seriíssimas não possam dar boas-vindas aos filhos. Cabe ao Estado brasileiro fazê-lo mediante suas instituições. Há milhares de famílias nas listas de espera, pessoas que aguardam adoções. Por isso a Frente Parlamentar da Família e Apoio à Vida tem se posicionado tão veementemente a favor da proteção da vida.

Robson  Rodovalho17/06/2010

O que penso sobre política

Posted in Mundo with tags on julho 11, 2010 by rafaelvictor

Nas minhas aventuras pelas leituras que eu vou fazendo por aí me deparei com algo que vale a pena postar. Foi publicado em um editorial da Revista Veja de algumas semanas atrás.

“Nos anos 50, o candidato à presidência dos EUA, Adlai Stevenson foi abordado por uma simpatizante tocada por sua brilhante retórica e planos.

‘ Todo eleitor que realmente pensa vai votar no Senhor’ disse ela.

Respondeu Stevenson: ‘Madame isso não basta. Eu preciso da maioria.’ ”

Infelizmente a maioria não pensa. A maioria faz de suas ações, um robotismo bem adequado ao sistema. Em meio as rodas de conversa que já presenciei a respeito das eleições que irão se realizar, vejo eleitores que estão muito mais preocupados com seus próprios interesses do que em algo bom que possa ser feito para o nosso país ao longo prazo.

Não posso fugir do assunto pois este é um blog que tem como foco assuntos espirituais, e sabendo isso digo que nos dias de hoje são poucos que sabem eleger um Salvador correto para a sua própria vida. Elegem coisas e pessoas a curto prazo que  as iludem com lindas promessas que não se cumprem e pelo contrário levam-nas ao fracasso.

No campo da política não é diferente. Não se sabe escolher um Salvador (e o único é Jesus). Não se sabe escolher representantes.

Mas há esperança. Deve existir. Deve-se exigir mudanças!

Classificação dos corações

Posted in Isto é interessante with tags , , on junho 26, 2010 by rafaelvictor

Felicidade na terra

Posted in Pensando... on maio 30, 2010 by rafaelvictor

Quero viver feliz eternamente, e sei que posso.

Mas até chegar a essa condição há uma caminhada que não é tão cheia de pompa e nem é tão agradável, se comparado aquilo que me espera.

A vida aqui não é tão maravilhosa, alguém já disse e eu repito que viver não é para os fracos. Concordo e assino em baixo.

Mas atribuir contornos não tão bonitos aquilo que chamamos de viver não é uma blasfêmia a Deus, não significa que eu o estou culpando pela vida que Ele me deu.

Ele mesmo reconheceu que é difícil. O Deus encarnado disse que no mundo, enquanto estivéssemos vivos, teríamos aflições.

Muitos vão além. Pessoas que sofrem demais fazem afirmações mais profundas. De tanto sofrer, e não acreditar em Deus chegam a dizer que o inferno é aqui na terra.

Sim, eu sei que se reclama demais.

Mas pelo globo azul existe muita dor. Li essa semana em uma reportagem as crueldades que as mulheres do Afeganistão estão sofrendo. Pela tradição de sua religião, mulheres não agüentam a opressão imposta a elas e chegam até a se queimar para morrer, pois afirmam não agüentar mais viver.

São coisas que pela lógica do progresso da humanidade se acha que não poderiam estar acontecendo. Mas ainda que cresçamos e melhoramos, a nossa índole má, herança do pecado insiste em manifestar, e uma de suas principais habilidades é passar por cima do direito dos outros.

Quero viver feliz eternamente, mas aqui, em meio às felicidades sei que viverei desgostos.

Sei que nem tudo vai ser do meu jeito, e isso mata o nosso ego. Não que isso não seja bom ( e só os sábios verão que é), mas é bem doloroso.

Jesus disse que teríamos aflições, mas ele deu a receita do bom ânimo.

Ainda que tentem te roubar, te destruir, minarem as suas forças, pratique a receita do mestre.

Existe um lugar em nós que ninguém pode tocar, a não ser nós mesmos.

Nesse lugar podemos ter um rico tesouro divino mesmo a fatores externos bem decadentes, ou um vazio que se renderá e se dará por vencido junto com as coisas ao nosso redor.

Quero viver feliz eternamente, e chegando ao céu a profecia se cumprirá.

Aqui também se é feliz.

Mas na terra se vive em meio a guerra.

Para ser feliz aqui, e com capa e espada.

Rafael Victor